terça-feira, 25 de dezembro de 2012

É Natal! O Senhor Jesus nasceu!


"Não tenham medo. Eu vim para anunciar a melhor notícia do mundo: o Salvador acaba de nascer na Cidade de Davi! Ele é o Messias, o Senhor." (Lucas 2:11) (MSG) 

GLÓRIA A DEUS NAS MAIORES ALTURAS,
PAZ A TODOS OS HOMENS E MULHERES NA TERRA QUE LHE AGRADAM.


sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

"C'est pour vivre" (É Pela Vida) (Tema dos Capitães Kirk e Picard)


LANÇAMENTO: “É Pela Vida” (C’est Pour Vivre), novo tema dos Capitães Kirk e Picard (e da futura edição de colecionador do filme Star Trek: Generations)! Espero que se divirtam!




C'EST POUR VIVRE (1985)
Nova música da futura Edição de Colecionador da Trilha Sonora do Filme Star Trek: Generations
Letra e música: André Popp/Eddy Marnay


C'est pour vivre
Que le monde chante
Dans la douleur ou dans la joie
C'est pour vivre
Que le monde invente
Des chansons à chaque pas

C'est pour vivre
Que tous les poètes
Les musiciens les fous du roi
C'est pour vivre
Contre la tempête
Qu'ils nous ont prêté leur voix

C'est pour vivre
Que des gens s'exilent
Que des avions brisent leurs ailes
C'est pour vivre
Que l'on jette des billes
Dans les quatre vents du ciel

Tous ces hommes qui cherchent la rive
Et la raison du verbe aimer
Tous ces hommes qui se cherchent un hymne
Que d'autres ont déjà trouvés

C'est pour vivre
Et peupler la Terre
Que de colombe en olivier
C'est pour vivre
Par dessus les guerres
Que Jérusalem est née

C'est pour vivre
Parmi les étoiles
Que l'homme un jour s'est envolé
C'est pour vivre
Parmi les étoiles
Un moment d'éternité

C'est pour vivre
Que des arbres tombent
À l'heure où naissent des enfants
C'est pour vivre
Qu'on défend ce monde
Tant que l'amour est vivant




Letra traduzida:

É pela vida
Que as pessoas cantam
Na tristeza ou na alegria
É pela vida
Que as pessoas criam
Canções em cada passo.

É pela vida
Que todos os poetas
Músicos e palhaços
É pela vida
Contra a tempestade
Que nos emprestaram suas vozes.

É pela vida
Que as pessoas vão para o exílio
Que os aviões quebram suas asas
É pela vida
Que se joga as bolas
Nos quatro cantos do céu.

Todos aqueles que procuram a costa
E pela palavra amor
Todos esses homens que procuram um hino
Que os outros já encontraram.

É pela vida
Povoar a Terra
Como pomba na oliveira
É viver
Com as guerras
Em que nasceu Jerusalém.

É viver
Entre as estrelas
Em que os homens, uma vez voou
É viver
Entre as estrelas
Um momento de eternidade.

É viver
Como as árvores que caem
Numa altura em que as crianças nascem
É pela vida
Que defende o mundo
Tanto que o amor esteja vivo.


Baixar Música em Mp3 pelo Soundcloud




Baixar Música em Mp3 pelo 4shared


Baixar Música em Mp3 pelo Mediafire


Trívia:



video


C'est pour vivre (originalmente gravado pela cantora Céline Dion com o coral V'là l'bon vent) foi lançado no Canadá em 1985. O clipe musical foi feito para o especial da TV canadense C'est Pour Toi (É Para Você) no mesmo ano. O single também foi lançado na França em outubro de 1985.




É não somente uma música que fala de otimismo, mas também o novo tema dos Capitães Jim Kirk e Jean-Luc Picard na futura edição "Deluxe" de colecionador da trilha do filme Star Trek: Generations (1994).

Será um novo hino da Federação Unida de Planetas se cantado em inglês ou francês ou vice-versa.

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Karen e Mindi: Uma história de Natal


Existe uma garota que mora com sua família Carpenter em Downey, subúrbio de Los Angeles, Califórnia e, assim como sua tia Karen, também sabe cantar. Seu nome é Mindi Carpenter, hoje com mais ou menos 20 anos de idade e é a terceira dos 5 filhos de Richard Carpenter e sua mulher Mary (Richard tinha uma irmã chamada Karen, que seria a tia dos cinco filhos do mano Richard e cunhada de Mary, mas não está mais entre a família nem entre nós pois ela está no Reino Celestial como o anjo da melodia).

Todos os anos a família Carpenter organiza uma festa de Natal no dia 25 de dezembro. Em uma dessas ocasiões rolou um milagre: uma luz dourada e intensa entrou pela janela do quarto da Mindi. E era alguém tão angelical: Karen, o anjo da melodia, disposta a ajudar sua sobrinha Mindi. As duas se cumprimentaram e a tia Karen convida sua sobrinha Mindi a passear pela insinuosa terra encantada, onde elas fazem uma breve visita. Lá, enquanto Karen ensina sua sobrinha a cantar uma canção, elas passeiam pelo jardim das fadas, conhecem a casa do Papai Noel (em Rovaniemi, Finlândia), ouvem um coral de anjos cantando uma linda canção e Mindi aprende aos poucos a cantar uma canção que fala de louvor ao Senhor Deus. Quando voltam pra casa dez minutos antes da meia-noite do dia 25 de dezembro, Karen diz pra sua sobrinha Mindi:
"- Mindi querida, você aprendeu a cantar direitinho essa canção que eu te ensinei. E agora você vai cantar ela toda pra toda a família. Guarde em seu coração e lembre-se disso." Depois Karen partiu rumo ao céu e Mindi guardou em seu coração - e em sua memória - o que sua tia lhe tem ensinado.
E na noite de Natal, Mindi começou a cantar uma canção, "Little Altar Boy", de Howlett Peter Smith - não somente para sua família, mas também para todas as famílias. E ela nunca esqueceu da experiência que ela teve com sua tia Karen, o anjo da melodia.





Baixar Mp3 pelo 4shared


Baixar Mp3 pelo Mediafire


Trívia:

O primeiro conto de Natal foi intitulado Karen e Mindi: Uma História de Natal, primeiro conto (e audiolivro) natalino da minha autoria, combinado a ideias dos dois argumentos originais da minha autoria: Um Sonho de Natal (escrito em 21 de julho de 1994) e Natal em Downey: Um Cântico de Natal dos Anos 90 (escrito em 3 de abril de 1995). 

Em Um Sonho de Natal (com premissas do balé O Quebra-Nozes de Pyotr Iliítch Tchaikovsky), a história falava de Karen Carpenter que, com o apoio de Ron Kristopherson, o piloto da nave USS Passage, vai visitar (ao lado de seu irmão Richard) para uma insinuosa terra encantada na véspera de Natal do fim dos anos 70. Já o segundo argumento, Natal em Downey, que contém premissas do livro de Charles Dickens, Um Conto de Natal (A Christmas Carol, 1843), fala da família Carpenter que, com a ajuda do ator canadense William Shatner, consegue convidar o ator Robert Zemeckis como convidado de honra mesmo sabendo que Robert não acredita no espírito natalino até a noite de Natal (na vida real Robert Zemeckis em 2009 faria um filme de captura de movimento da Disney Os Fantasmas de Scrooge, com Jim Carrey na voz de Ebenezer Scrooge e seis anos antes William Shatner faria o espírito natalino do presente e Dr. Bob no telefilme A Carol Christmas). Os dois contos originais foram engavetados em 1999 por uma única razão: acabava de estrear na Turner Television (TNT) o telefilme Um Conto de Natal estrelado por Sir Patrick Stewart como Ebenezer Scrooge - depois sendo redescobertos em 2012, 13 anos depois da estreia do telefilme, para servir de inspiração para este conto.

Karen e Mindi: Uma História de Natal introduz dois de vários membros da família Carpenter, dessa vez protagonistas: o anjo da melodia Karen e sua sobrinha Mindi.

Um raro conto temático: neste caso, a temática é o Natal, em que celebra o nascimento do Senhor Jesus.

A música cantada por Mindi, "Little Altar Boy", foi composta em 1961 - e especialmente para este conto - por Howlett Peter Smith.



LITTLE ALTAR BOY (1961)
Letra e música de Howlett Peter Smith
Intérprete: Mindi Carpenter

Little altar boy, I wonder could you pray for me?
Little altar boy, for I have gone astray
What must I do to be holy like you?
Little altar boy ,oh, let me hear you pray


Little altar boy, I wonder could you ask our Lord
Ask him, altar boy, to take my sins away
What must I do to be holy like you?
Little altar boy, please, let me hear you pray


Lift up your voice and send a prayer above
Help me rejoice and fill that prayer with love
Now I know my life has been all wrong
Lift up your voice and help a sinner be strong


Little altar boy, I wonder could you pray for me?
Could you tell our Lord I'm gonna change my way today?
What must I do to be holy like you?
Little altar boy, oh, let me hear you pray
Little altar boy please let me hear you pray!





Baixar Mp3 pelo Soundcloud



Baixar Mp3 pelo 4shared


Baixar Mp3 pelo Mediafire

domingo, 2 de dezembro de 2012

Atendendo a pedidos: "O Natal Foi Feito Assim"


Para celebrar o Natal em família, aqui vai mais uma canção natalina minha (o download digital de música no formato Mp3) pra vocês baixarem, curtirem e fazerem dela a trilha sonora do seu Natal. É com muito prazer que eu lhes apresento: O Natal Foi Feito Assim e essa é a canção de Natal (cantada por mim) que vocês vão ouvir na íntegra (e que será sempre lembrada)!






O NATAL FOI FEITO ASSIM

Letra e música: Família Blanco

Letra:

Vou contar uma história
Que um dia aprendi
Quando era pequenina,
Minha mãe contou assim:
Que há muito tempo atrás,
Numa linda noite fria,
O bebê Jesus nasceu,
O menino de Maria.

Refrão:
E foi assim que aconteceu,
O Natal foi feito assim:
É o aniversário de Jesus pra mim.
Hosana nas alturas,
Paz e glória sem igual;
Ao vir a este mundo,
Jesus trouxe o Natal.

O menino foi deitado
numa cama de capim;
Com pastores a Seu lado,
O Natal foi feito assim.
Três Reis Magos visitaram
Com presentes de valor
E a Seus pés se ajoelharam,
Com carinho e louvor.

Repete refrão

Minha mãe disse que um dia,
Muita dor Ele sofreu.
Para salvar a todo o mundo,
Numa cruz Jesus morreu.
Mas eu sei que Ele vive
E vai voltar para nos ver;
E o Natal vai ser eterno
Para mim e pra você.

Repete refrão

Hosana nas alturas,
Paz e glória sem igual;
Ao vir a este mundo,
Jesus trouxe o Natal.




Baixar Mp3 pelo Soundcloud


Baixar Mp3 pelo 4shared


Baixar Mp3 pelo Mediafire

sábado, 1 de dezembro de 2012

"Então é Natal" (Happy Xmas) (War is Over)


O Natal está chegando! E pra comemorar o Natal, lancei mais uma música natalina: Então é Natal, que o John Lennon fez. Boas festas a todos vocês!



ENTÃO É NATAL (HAPPY XMAS) (WAR IS OVER) (1971)
Letra e música: John Lennon/Yoko Ono
Versão: Cláudio Rabello
Intérprete e produtora: Tatianna Raquel
Baseada na produção de Ric Wake


Então é Natal, e o que você fez?
O ano termina, e nasce outra vez
Então é Natal, a festa Cristã
Do velho e do novo, do amor como um todo
Então bom Natal, e um ano novo também
Que seja feliz quem, souber o que é o bem

Então é Natal, pro enfermo e pro são
Pro rico e pro pobre, num só coração
Então bom Natal, pro branco e pro negro
Amarelo e vermelho, pra paz afinal
Então bom Natal, e um ano novo também
Que seja feliz quem, souber o que é o bem

Então é Natal, o que a gente fez?
O ano termina, e começa outra vez
Então é Natal, a festa Cristã
Do velho e do novo, o amor como um todo
Então bom Natal, e um ano novo também
Que seja feliz quem, souber o que é o bem

Então é Natal, o que a gente fez?
O ano termina, e começa outra vez
 
 
 

 





quinta-feira, 29 de novembro de 2012

"Até o Céu" (dueto com Vitas)


LANÇAMENTO! Minha nova música Até o Céu (Мне бы в небо), dueto com Vitas. Divirtam-se!





ATÉ O CÉU (Мне бы в небо)

Letra e música: Vitas/André Pokútni
Diretor do vídeo original: Vladimir Lert
Diretor do vídeo suplementar filmado no Brasil: Tatianna Raquel
Ano: 2012

 Нам ничего не изменить,
Из чаши боль не перелить.
Тебя просила я не раз
Оставить меня здесь и сейчас.
Ночной вуалью не спеша
Накроет грусть меня сейчас.
Холодной-холодной осенью листва
Уносит прочь остатки фраз,
Я отпущу тебя сейчас.

Мне бы в небо за тобою,
Больше этих слёз не скрою.
Слишком поздно стало ясно:
Я тебя люблю напрасно...
Но мне бы в небо за мечтою,
Сердцу холодно от боли.
Слишком поздно стало ясно:
Я тебя люблю...
Я тебя люблю...
Я тебя люблю...
Я тебя люблю...

 Мне этой ночью не уснуть.
Воспоминания, словно ртуть.
Пусть эта сказка не про нас,
Любовь бывает только раз.
Мечты мои, как первый снег,
Оставят на щеках следы.
И снова разбудит утренний рассвет,
Но рядом нет тебя опять,
Я не хочу тебя терять!

 Мне бы в небо за тобою,
Больше этих слёз не скрою.
Слишком поздно стало ясно:
Я тебя люблю напрасно...
Но мне бы в небо за мечтою,
Сердцу холодно от боли.
Слишком поздно стало ясно:
Я тебя люблю... (x4)


(Tradução em português de Tatianna Raquel) 

Não conseguimos mudar nada.
É impossível verter a dor para fora da taça.
Eu lhe perguntei muitas vezes
Para me deixar sozinho aqui e agora.
A melancolia vai me cobrir gradualmente
Com um véu noturno.
As folhas de outono frio -
Levam pedaços de nossas frases pra longe...
Te vou deixar ir embora.

Eu gostaria de segui-lo até o céu,
Eu já não posso reprimir as lágrimas.
Eu te amei em vão ...
Eu entendi isso tarde demais.
Mas eu gostaria de seguir o meu sonho para o céu,
Meu coração está congelando da dor.
Eu entendi isso tarde demais:
Eu te amo ... (x4)

Eu não consigo dormir esta noite,
A memória arde como mercúrio quente.
O amor pode rolar só uma vez na vida,
Mas não conseguimos manter os heróis desta fábula.
Meus sonhos, como a primeira neve,
Irão deixar pistas sobre meu rosto.
E a nova madrugada me acordará,
Mas você não está comigo ...
Eu não quero te perder!

Eu gostaria de segui-lo até o céu,
Eu já não posso reprimir as lágrimas.
Eu te amei em vão ...
Eu entendi isso tarde demais.
Mas eu gostaria de seguir o meu sonho para o céu,
Meu coração está congelando da dor.
Eu entendi isso tarde demais:
Eu te amo ... (x4)
 

Baixar música no Soundcloud: http://soundcloud.com/tatianna-raquel/mnye-by-v-nebo-at-o-c-u



 Baixar música em Mp3 pelo 4shared

 Baixar música em Mp3 pelo Mediafire

sábado, 17 de novembro de 2012

Top 5: Amigos (quase) extraterrestres

Você que adora sci-fi de primeira (tanto na tevê quanto no cinema e na música e de preferência toda a franquia "Star Trek") além dessas e outras referências a ela, eis aqui a lista - e o hit parade - dos 5 atores mais legais desse gênero, que eu selecionei pra você escolher na enquete da minha página do Facebook - e deste blog - e comentar depois nos mesmos citados acima. Confira!



5º lugar: VITAS

Dono de um falsete de 5 oitavas e meia, esse cantor e ator russo-letão nato de apenas 33 anos regravou uma canção de Aleksandra Pakhmutova e Rasul Gamzatov (e tradução de Yunna Morits): "Amigo Extraterrestre" em 2003 (revisado em 2006 para o CD Return Home). Além disso, Vitas também criou o seu personagem baseado nela (ele confeccionou uma roupa futurista, mas meio que cafona e nada leve o bastante) e o interpretou (e fez sucesso na Rússia, China e o resto dos EUA, menos aqui e no resto do mundo). Vitas seria convidado pra ir aos EUA pra fazer o Alferes Chekov no filme Star Trek (2009) de J. J. Abrams, mas devido aos compromissos, infelizmente ele teve que recusar o papel por causa disso e o papel de Chekov coube ao ator russo Anton Yel'chin. Amigo extraterrestre só se for o vulcano Sr. Spock (porque Vitas de amigo E. T. não tem nada) e Vitas, tu nem é conhecido por aqui!!








4º lugar: BRENT SPINER

Esse ator que fez o androide Data em Jornada nas Estrelas: A Nova Geração vai dar o que falar. Brent é um arraso na atuação tanto na série quanto nos filmes do "Jornada": Generations (1994), Primeiro Contato (1996), Inssureição (1998) e Nêmesis (2002), todos disponíveis em Blu-Ray. E canta muito bem: em 1991, Brent lançou seu CD, Ol' Yellow Eyes Is Back. É de lá que vem o clássico do pop tradicional americano, "It's a Sin (To Tell a Lie)", com vocais de fundo de Sir Patrick Stewart, Jonathan Frakes e Michael Dorn. Tá na cara que o Brent é bambambã em talento!








3º lugar: TIM RUSS

O negão pra lá de charmoso se deu bem na série Jornada nas Estrelas: Voyager como Tuvok, o chefe de segurança da nave e oriundo de Vulcano (desculpe, Sr. Abrams!) e também solta o gogó fora da tevê: em 2001 Tim lançou seu CD Kushaganza ("Incrível" em suaíli), de onde vem a canção-título. Esse Tuvok vai longe!









2º lugar: ZACHARY QUINTO

Esse cara de apenas 35 anos e oriundo de Pittsburgh, Pensilvânia (EUA) é sucesso entre a mulherada (isso mesmo, su!). Depois de protagonizar Sylar da série Heroes, Zack foi escalado para fazer a versão jovem do vulcano Sr. Spock no filme Star Trek (2009) - dirigido por J. J. Abrams - e vai reprisar o mesmo Spock no próximo filme Star Trek: Into Darkness, que vai estrear nos cinemas provavelmente em maio de 2013. (Zack, mesmo sendo gay, é um macho man que assume o controle das coisas.) Ele promete!



Entrevista com Zachary Quinto





1º lugar: LEONARD NIMOY

Com 81 anos de idade e mais de cinco décadas de carreira, o ator, diretor, escritor, poeta, cantor e compositor que nasceu em Boston, Massachussets (EUA) foi escalado para interpretar o vulcano Sr. Spock no seriado Jornada nas Estrelas: A Série Clássica (que ficou no ar na TV NBC de 1966 a 1969), o personagem que ajudou a criar e que é muito amado, querido e respeitado pelos fãs até hoje. Reprisou Spock em Star Trek: The Animated Series (1973-1974) e nos sete filmes da franquia Star Trek (de 1979 a 2009), no mais recente filme do "Jornada" de 2009, ele interpreta o Spock Primordial. Ele também criou e popularizou a saudação vulcana, gesto que Leonard "pegou emprestado" de um gesto feito por um kohen da sinagoga judaica ortodoxa (ele é de descendência ucraniana-judia) e cujo gesto representa a letra hebraica "shin" de "Shaddai" ("Todo-poderoso" em hebraico). Paralelamente a atuação, Leonard lançou 5 álbuns ao longo dos quatro anos (quem não se lembra da canção "The Ballad of Bilbo Baggins"?) - e olha que ele canta muito bem! Como fotógrafo, já lançou seus trabalhos fotográficos: Shekhina, The Full Body Project e Secret Selves. Eta homem multitalentoso! Vida longa e próspera, Leonard!


Vídeo da canção The Lazy Song do Bruno Mars (estrelando Leonard Nimoy)


E o vídeo do dircurso de Leonard Nimoy (Hon' 12) ao vivo de Boston (ele foi homenageado pelos alunos da Universidade de Boston, olha só!)


P. S.: Comentários são sempre bem vindos nesta postagem.

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Heart2Heart: A Esperança Heroica (1991, revisado em 2012)

Vamos contar uma história baseada em um fato (quase) real. Mas primeiro, mencionemos os três:

 
Louis Springton, Embaixador dos EUA no Oriente Médio de 1988 a 1996 e Primeiro-Ministro das Relações Exteriores a partir de 1998. Em janeiro de 1991, Louis, a pedido do Presidente dos EUA, foi á Tel Aviv, capital de Israel. Lá ela conheceu...

 
Mayra, Embaixatriz de Amel no Oriente Médio de 1986 até 1994, Embaixatriz de Amel em Israel desde 1995. Também conhecida como "o anjo da paz". Sobrinha de Abadab (morto em 1988 por Toha Yamaji), ela é uma princesa de boa aparência. Na mesma data, Louis e Mayra conheceram...

 
Roland, Príncipe de Lazínia até 2005, quando foi coroado Rei de Lazínia. Enviado dos EUA no dia dos atentados do 11 de setembro de 2001 (quando vai ser coroado rei).

Os três, a partir daí, formavam o grupo dos três países - ou G3 - para evitar conflitos em quaisquer países. Em visita ao Kuwait, eles fizeram a conferência de paz, tanto que, em uma questão de dias, a Guerra do Golfo Chegou ao fim em fevereiro de 1991.


Dez anos depois, enquanto Roland estava para ser coroado Rei de Lazínia (ele se casou com Melinda, também de Lazinia, na mesma data), Louis acordou às 7:00 da manhã (hora padrão de Nova York), tomou café e - pelo celular - prometeu à sua esposa que iria buscá-la na torre norte do World Trade Center. Louis saiu de casa (era terça-feira) quando o inesperado aconteceu: às 8:48 da manhã o avião chocou-se contra a torre norte, entre o 96o e o 103o andar, 49 minutos depois de decolar e às 9:59 a torre norte veio abaixo. A torre sul também foi destruída pela aeronave entre 9:03 e 10:28 da manhã e Louis teve que voltar pra casa às pressas. Louis recebeu de Jay uma triste notícia: a esposa dele, Tracey, morreu na torre norte. Abalado, chamou a emergência, e trouxe até a Embaizatriz Mayra e o Príncipe Roland para uma conferência nos EUA e eles chegaram imediatamente.



Louis, Mayra e Roland criaram a operação "Heart2Heart" para impedir as terríveis consequências. O processo durou até 13 de dezembro de 2003, quando Saddam Hussein foi capturado perto de Bagdá pelas forças especiais dos Estados Unidos.


Louis, por não ter trazido sua mulher de volta à vida, ficou deprimido: assim como a colega de sua esposa (Helen, que mora em Boston) não pôde ir a Nova York pra salvar a esposa dele, Louis também não pôde salvar a sua. Mas, com Mayra e Roland ao seu lado, Louis mostrou que o G3 foram (e ainda são) herois de verdade!





Baixar audiolivro em Mp3 pelo 4shared



Baixar audiolivro em Mp3 pelo Mediafire


Trívia:

Este conto introduz dois personagens: Mayra (do episódio da série Sekai Ninja Sen Jiraiya "Depois do encontro... um assassinato") (暗殺はデートの後で Ansatsu wa Deeto no Ato de) e o Príncipe Roland de Lazínia (do episódio de Dennou Keisatsu Cybercop "Príncipe em perigo! A fuga da zona sombria") (危うし王子!ダークゾーンからの脱出Ayaushi Ōji! Dāku Zōn kara no Dasshutsu), mencionados neste conto. Não foi possível trazer para esta história outros personagens como a cientista mexicana Teresa e os croatas, então eu trouxe, para este mesmo conto, outros personagens: Jay e Tracey.
No meu rascunho original de 1994, o conto começava com o aviso na Casa Branca e terminava com a festa pós-acordo de paz entre dois países do Oriente Médio. Mas por causa dos ataques de 11 de setembro de 2001, a história sofreu alterações de acordo com os acontecimentos da vida real:

a) A morte de sua esposa Tracey deixou Louis Springton abalado.

b) Mayra se casou com Yitzak Netanyahu em 1998 e com ele teve uma filha, Rayna.

c) Com Roland sendo coroado Rei de Lazínia em 2005, o próprio Roland hoje é marido de Melinda de Lazínia e tem dois filhos: Darren (nascido em 2006) e Sarah (nascida em 2008).

Os temas deste conto são guerra e paz, amizade, lealdade e coragem.

O Segredo da Linha de Nazca

 
A história é emocionante, mas cheia de mistérios. Fala de uma amizade entre o ex-presidente do planeta Bird, Qom (já em seus 85 anos terrestres e aposentado da Polícia da União Galática desde 2005), de seu neto Ian (filho de Mimi com Gavan, nascido no Planeta Bird em 1985), o turista americano Brandon, o habitante peruano Ramón Melendez e sua namorada Consuelo. Qom e o neto dele Ian chegavam á Terra em sua nave Dolgiran Alpha quando viram pela enésima vez consecutiva as linhas e geóglifos de Nazca e das pampas de Jumana, nos confins do Peru. Então eles pousaram, chegaram ao nosso planeta e conheceram três pessoas dispostas a ajudá-los. (Voicer também tinha uma insígnia com esse hieroglifo até a morte dele, em 1983 e muitos dos habitantes de Bird têm o mesmo.) Brandon, Ramón e Consuelo recebem Qom e Ian, que em seguida desejam ver as linhas de Nazca.
 







 

 
"Nunca vi uma coisa assim", disse Ian. "Além dos símbolos do pássaro que é o nosso emblema, vemos os desenhos de uma águia ou coisa do tipo. Igual que aparece na Ilha de Inner Iga e os planetas Mount e Beeze, bem próximos daqui. O sr. sabe disso, vô?"
"Sei, rapaz", disse Qom para Ian.
"Aposto que meu pai Gavan vai se orgulhar de mim quando souber!"
Como o arqueólogo Dai Sawamura (vulgo Shaider) é o chefe da Polícia da União Galática desde 2001, Ian, hoje o novo Xerife Espacial desde 2010, pede ao Brandon, Ramón e Consuelo que visitem a nave para fotografar todas as 9 linhas para a Exposição Galática de Linhas de Nazca no Planeta Bird (que ocorreram no dia 6 de fevereiro de 2013). E foi no que fizeram: com as máquinas fotográficas digitais e iPods, Brandon, Ramón e Consuelo tiraram fotos e postaram na rede social Wing2 (o Facebook do Planeta Bird). Logo depois, enquanto Brandon, Ramón e Consuelo sairam da Nave, Ian descobriu um segredo por trás das linhas de Nazca: havia uma ligação entre Bird, Iga, Mount e Beeze, que poderia representar os quatro elementos da natureza terrestre por ordem da qual representa - fogo (Iga), terra (Beeze), ar (Bird) e água (Mount)! Não demorou muito e logo eles compartilharam as linhas de Nazca fotografadas com os outros três, que também descobriram (assim como Qom e seu neto Ian) um novo jeito de salvar o universo: o poder dos quatro elementos.
Quando Qom e Ian, depois de agradecer aos três por ter ajudado nessa, voltaram ao Planeta Bird (na velocidade de dobra 7, ou melhor, na velocidade da luz), eles deram aos membros da Polícia da União Galática (e ao povo de seu planeta) uma boa notícia: a arma dos 4 elementos terrestres que Ian vai usar poderá salvar a humanidade desse desastre; e foi no que ele mesmo fez: Ian tornou-se o primeiro xerife espacial a usar essa arma oriunda das linhas de Nazca.

(Reescrito e adaptado por Tatianna Raquel)





Baixar audiolivro em Mp3 pelo 4shared


Baixar audiolivro em Mp3 pelo Mediafire





Trívia:

Esse conto/tema livre marca a primeira aparição de Ian, filho de Gavan e Mimi e neto materno de Qom (Ian também é neto paterno de Voicer, falecido em 1983). Ian nasceu em Bird no dia 14 de setembro de 1985 e é o mais jovem xerife espacial nascido por lá.


Primeira aparição das linhas de Nazca só nesse conto.





Na versão original do roteiro escrito em 1994, as referências aos três xerifes espaciais eram mais óbvias. Tanto Gavan quando Sharivan e Shaider visitariam a Ilha de Páscoa (Rapa Nui) em busca de um tesouro perdido nos confins da América do Sul.

 
É a primeira e única vez nesse conto que Qom aparece já aposentado e com mais de 80 anos (Qom nasceu em Bird em 1928 do século 20).


É o primeiro crossover quase tokusatsu já escrita por uma brasileira (eu mesma).


Gavan, Sharivan e Shaider são os únicos herois tokusatsu a não aparecerem neste conto.



Abertura de Gavan, o Xerife Espacial (宇宙刑事ギャバン Uchū Keiji Gyaban, 1982-1983) (remastererizado e estendido; intérpete: Akira Kushida)

 


E o tema do filme de 2011 Gavan, o Xerife Espacial: O FILME (宇宙刑事ギャバン -Type G- Uchū Keiji Gyaban -Taipu G-; traduzindo Gavan-Type G-, o Xerife Espacial); também interpretado por Akira Kushida (em ocasião dos 30 anos da série tokusatsu - e trilogia - dos 3 xerifes espaciais que durou de 1982 a 1985) (nova versão!)




E o trailer do filme do mesmo nome!



Site do filme: http://www.gavan.jp/

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Aleksandra Pakhmutova acaba de completar 83 anos há 6 dias



Aleksandra Pakhmutova, a compositora de mais de 450 músicas (entre eles "Até logo, Moscou" e "O Pássaro da Felicidade"), completou 83 anos no dia 9 deste mês.
 

 
E para celebrar o Níver dela, postamos o desenho da capa do CD O Pássaro da Felicidade (lançado em 1981 pela Melodiya Records só na Rússia e não aqui até então), que lhe serviu de conceito para uma história de um pássaro da felicidade que virou livro que escrevi em 2009 (a edição completada do meu livro só foi lançada em 2010 com sucesso, pois contem premissas da peça O Pássaro Azul de Maurice Maeterlinck) - e que vou contar e comentar mais adiante depois que eu terminar de postar meus audiolivros (ainda em escrita e em fase de gravação). Parabéns, Alya!
 
 
P.S.: A Alya tem seu site (em russo): http://pakhmutova.ru/  É só conferir!

 


quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Novos audiolivros da minha autoria vêm aí!

Já postei os três primeiros audiolivros pra baixar e agora, nas próximas postagens, postarei mais audiolivros da minha autoria pra completar minha coleção pra vocês baixarem e ouvirem em Mp3. Em breve a coleção de audiolivros será completa e vou postá-los na íntegra, mas antes farei o mesmo citado acima. Vai demorar um pouco, mas fiquem ligados no que vai rolar neste meu blog. Cruzem os dedos!

Dude News: FRINGE: Leonard Nimoy fala sobre sua participação

 

Dude News: FRINGE: Leonard Nimoy fala sobre sua participação: Conversando com a Sci Fi Wire , o veteraníssimo Leonard Nimoy falou sobre sua participação no final da 1ª temporada de Fringe, “ There’s Mor... (Leia mais sobre Leonard Nimoy, o eterno Sr. Spock, no Dude News!)
 

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

domingo, 28 de outubro de 2012

EXCLUSIVO! Redescobrimos a série "Viajantes do Tempo" que eu assisti no SBT!




 
Vejam só as fotos que eu tirei com minha máquina fotográfica digital: que beleza!
Sabe aonde? No mural da exposição dos 30 anos de SBT no Shopping Parque Balneário!
Eu assisti o seriado Viajantes do Tempo (Voyagers!, 1982-1983) toda sexta-feira a noite (foi em 1989 quando eu tinha 11 anos) e não perdia nenhum episódio sequer! Também fui tão fã do hoje fotógrafo holandês Meeno Peluce, o meu Jeffrey Jones!

 



P.S.: Comentarios sobre este artigo sobre o que rolou na ExpoSBT do Parque Balneário são sempre bem vindos!

"Proud Mary" (nova versão para "Glee", dueto com Leonard Nimoy)

 
Quem foi que disse que só Mercedes e a galera do Glee cantam essa Proud Mary, aquela que o cantautor do Creedence Clearwater Revival John Fogerty compôs pra vários artistas? O ator, diretor, escritor, poeta, fotógrafo, cantor e compositor (e cantautor!) Leonard Nimoy, de 81 anos (isso mesmo, o eterno Sr. Spock da série Jornada nas Estrelas) também canta que é uma beleza! Em 1970, ele regravou uma cover bem maneira de Proud Mary para seu quinto disco The New World of Leonard Nimoy (lançado no mesmo ano). E em 2009 - quase 40 anos depois do feito dele - Mercedes e a galera do Glee repetiram o feito, só que bem diferente: R&B pra Beyoncé não botar defeito!
 
Falando nisso, vocês que se amarram no Leonard Nimoy, no Sr. Spock de Jornada nas Estrelas e na galera do Glee, eis aqui em primeira mão pra vocês: Proud Mary (Leonard Nimoy dueto comigo - eu mesma gravei meus vocais adicionais, remixei a faixa e a editei). Espero que gostem!
 

 
PROUD MARY
Letra e música de John Fogherty
Tatianna Raquel dueto com Leonard Nimoy
Faixa a ser apresentada na futura temporada de Glee
 
I left a good job in the city
Workin' for The Man ev'ry night and day
And I never lost one minute of sleepin'
Worryin' ‘bout the way things might have been

Big wheel keep on turnin'
Proud Mary keep on burnin'
Rollin', rollin', rollin' on the river

I cleaned a lot of plates in Memphis
I pumped a lot of pain down in New Orleans
But I never saw the good side of the city
Until I hitched a ride on a river boat queen

Big wheel keep on turnin'
Proud Mary keep on burnin'
Rollin', rollin', rollin' on the river

Big wheel keep on turnin'
Proud Mary keep on burnin'
Rollin', rollin', rollin' on the river

If you come down to the river
I bet you gonna find some people who live
You don't have to worry ‘cause you have no money
People on the river are happy to give

Big wheel keep on turnin'
Proud Mary keep on burnin'
Rollin', rollin', rollin' on the river
 

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Hikaru e Momoko: A canção de amor e intenção de assassinato


 

 
E se de repente a fera (ou o príncipe) visse essa garota que brinca, corre, pula, rodopia nos campos ao por do sol?
Em pleno sonho dele, vimos essa moça salvar a vida dessa fera que mais tarde seria humano.
MOMOKO: Vai ficar OK...
 

 

 
O nome dele é Hikaru.
O nome dela é Momoko.
Hikaru ("ele era tão legal!") surge do nada tocando sua flauta, pronto a conhecer (e salvar) Momoko (a mesma garota vista por ele em seu sonho!). Pouco depois, Momoko vai até o carro, conhece Hikaru, os dois se cumprimentam e ele diz:
HIKARU: Desde que eu te salvei, acabo de conseguir o que me deve.
 

 

 
Desde então, Hikaru e Momoko passeiam, se divertem e começam a namorar.
 

 

 
No restaurante mais chique, ao som da melodiosa cítara de Mikis Theodorakis, ela se sente como a Cinderela, contando-lhe detalhes. "Não se preocupe", Hikaru questão-de-fato diz pra Momoko. E os dois vão pro lado de fora, quebrando a janela do restaurante!
 
 
Em seu carrão, Momoko vê o céu estelado. "Hoje a noite foi um máximo", Momoko diz, "mas... você não fala nada de si mesmo." Hikaru diz:
HIKARU: Andei esperando uma garota como você a chegar em minha vida. Há centenas de anos agora.
MOMOKO: Tu é um cara engraçado!
E ela vê uma estrela cadente e faz um pedido a ela. Em seguida...

 
... os dois tentam se beijar, mas não conseguem: Momoko foge do carro e Hikaru, depois de tanto procurá-la, a encontra.
 

 

 
No dia seguinte, Hikaru, mesmo sabendo que ia ser condenado no Vazio Sombrio se fosse traído pelos bandidos (mesmo depois de três dias), tenta reconquistar o amor de Momoko...
MOMOKO: Por que você fez isso?
HIKARU: É porque... eu te quero.
...mas Takeru acaba com Hikaru. E Hikaru de súbito sofre as consequências.
MOMOKO: Hikaru! Aguente firme, Hikaru! Hikaru!
HIKARU: Momoko... Me mate... Por favor, me mate, Momoko!
MOMOKO: O que é isso? Hikaru, por quê?
HIKARU: Eu sempre quis viver em um mundo repleto de amor e luz.
(Vemos de novo Momoko na mesma cena do campo ao por do sol.)
HIKARU: Momoko, minha forma real é...
Sem esperanças - e sem mais tempo -, Hikaru é convertido em Grondogra (que depois é derrotado) e Momoko perde seu amado.
No fim da tarde, Momoko, para superar a perda de seu amado Hikaru, lembra das falas dele: Eu sempre quis viver em um mundo repleto de amor e luz. E começa a tocar em sua flauta a mesma canção de amor, pois a flauta de Momoko pode (e sempre poderá) ser ouvida no reino espiritual longínquo.
Pois como dis Luiz Fernando veríssimo sobre o amor espiritual:
 

 

 
O mundo é como um espelho que devolve a cada pessoa o reflexo de seus próprios pensamentos e seus atos. A maneira como você encara a vida é que faz toda diferença. A vida muda, quando você muda.
 
Só lembrando:
O amor não tem limites. O amor é mais forte do que a morte. O amor dura para sempre.
 
 
Maskman (episódio 34): "A canção de amor e intenção de assassinato" (Veja no Veoh):
 

Watch Hikari Sentai Maskman ep 34 in Entertainment | View More Free Videos Online at Veoh.com

terça-feira, 23 de outubro de 2012

The Hymn of First Contact (Main Title) (from "Star Trek: First Contact")...


Atendendo a pedidos: a versão "reduzida e bem light" (3 minutos!!!) de "The Hymn of First Contact" do filme de 1996 Jornada nas Estrelas: Primeiro Contato, de Jerry Goldsmith e Ken Paul!



THE HYMN OF FIRST CONTACT (MAIN TITLE) (MUSIC VIDEO VERSION)

Music: Main Title Theme, "Star Trek VIII - First Contact" (Jerry Goldsmith, 1996)
Lyrics: Ken Paul, 2001-2012
Performed by Tatianna Raquel


The time comes in each planet's life, when the truth comes to light,
And touches every heart, to see it's time to start,
To build a future based on love, with some help from above;
Those always at our side, no more need to hide!
And so we gather here, courage that conquers fear,
To see that our grand dreams are finally drawing near.
Into our future we take flight, here tonight, hopes so bright,
Forever live and thrive, truly being alive!





Baixar música no Soundcloud

Baixar Mp3 pelo Mediafire

Baixar letra integral escrita por Ken Paul em PDF

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Se eu pudesse voltar a ser criança...


Se eu pudesse voltar a ser criança,
eu trataria de brincar de casinha.
Iria brincar de papai e mamãe, de Alessandra e Alexandre,
leria mais gibis e menos revistas,
assistiria o "Balão Mágico" na TV todo dia pela manhã antes de ir pra escola.
Contemplaria lindas paisagens no orquidário e brincaria no playground da praia.
Eu cresci nos anos 80 curtindo momentos de alegria no cotidiano e aproveitando cada momento da minha infância.



Se eu pudesse voltar a ser criança,
eu trataria de viver sempre um momento de contos de fadas.



Eu voltaria a assistir "O Homem do Fundo do Mar" (Man from Atlantis) todo domingo a tarde na Record e curtiria bons momentos com Mark Harris todos os fins de semana.


Eu voltaria a ler livros de contos de fadas - como a de Rapunzel - , escutaria histórias fabulosas com final feliz antes de dormir.
Contemplaria um lugar encantado, cheio de magia, encanto e fantasia,
estaria em busca de um príncipe encantado,
aproveitaria momentos mágicos.
Eu vivi momentos de magia, encanto e fantasia lendo histórias infantis e só comecei a escrever meu primeiro conto aos 11 anos pelo fato de ter tanto aprendido a escutar histórias que minha tia ensinou.




Se eu pudesse voltar a ser criança,
começaria a usar pouca roupa e nadaria nua na piscina sem preocupação todo verão e continuaria assim até o início do outono.



Passearia pelas ruas, contemplaria paisagens inexploradas, brincaria de roda com as crianças e voltaria a assistir "Viajantes do Tempo" (Voyagers!) no SBT se eu fosse criança novamente.

Mas, cresci, sou uma mulher adulta e sei que estou na minha plenitude.
Só não posso esquecer os momentos da minha infância que eu já vivi. 





sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Força? Que Força?


Trekkers ficam com "Star Trek" e os jedis que são fãs da saga de "Star Wars" caem no ridículo.

Gene Roddenberry criou Jornada nas Estrelas em 1966, certo? E a saga de Star Wars foi criado por George Lucas em 1977 (11 anos depois do ocorrido). Mas recentemente (provavelmente numa quarta-feira às 13:53), houve uma discussão de fãs de sci-fi em pleno grupo da FFESP ao saber que (de acordo com Matheus da Silva) houve uma rivalidade inadmissível com os temas Star Trek e Star Wars, por isso ele fez um conselho pra que decidisse sobre tal. Mas Luiz recusou tal rivalidade entre ambos. (Como assim "que a Força esteja contigo" se o trekker diz "Vida longa e próspera"?) Até Marianne Fernandes gosta dos dois, mas aumentou a rixa entre os trekkers e os jedis (ambos baladeiros de plantão) que, no final, acabaram em "briga de bar em plena balada (fora do grupo)", o que selou o fim da discussão - e a vitória do Jornada nas Estrelas - hoje a tarde. Lembro-me que Clóvis Nunes me comentou sobre  como não sou inflexível e sim um ótimo membro da FFESP que vê o lado bom das coisas e que Jornada ganhou a disputa:

Como todo bom cadete, a tripulante Tatianna, está dando seus primeiros passos na cultura de Star Trek e aprendendo assim cada vez mais sobre os princípios que nos regem. Isso com certeza a levará a ser uma excelente oficial no quadro da FFESP. Equilíbrio, cortesia, conhecimento e clareza mental nos levam sem sombra de dúvida a um futuro melhor. Acredito que esse post se encerra por aqui, já que concordamos com a visão de Gene Rodenberry sobre um mundo sem preconceitos. 
VLP 
Comandante Clóvis Nunes


Agora uma dica: você nunca deve confundir sua série/saga favorita com a outra que não é sua pra não causar constrangimentos, porque eles nunca esqueceram até hoje. Conforme diz Salomão no Livro de Provérbios sobre os dois opostos (10:25):

"Ao passar a tempestade, o perverso já era - simplesmente desaparece - , mas o justo fica firme para sempre."

P.S.: Se você é trekker e gosta do Leonard Nimoy e o vulcano Sr. Spock (assim como eu gosto), não adianta dizer "que a Força esteja contigo" pra alguém: faça como o Sr. Nimoy, acene uma saudação vulcana e diga: "Vida longa e próspera". E lembre-se do que a Palavra de Deus diz sobre vida, longevidade e prosperidade:
"O temor do SENHOR prolonga a vida, mas a vida do perverso é abreviada."
 (Provérbios 10:27)

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Faça de qualquer jeito (Madre Teresa)


As pessoas são muitas vezes irracionais, ilógicas e auto-centradas; Perdoe-as assim mesmo.

Se você é gentil, as pessoas vão acusá-lo de egoísta, interesseiro; Seja gentil assim mesmo.

Se você for bem sucedido, você terá alguns falsos amigos e alguns inimigos verdadeiros; Vença assim mesmo.

Se você é honesto e franco, as pessoas podem enganá-lo; Seja honesto e franco assim mesmo.

O que você levou anos para construir, alguém pode destruir de uma hora; Construa assim mesmo.

Se você encontrar serenidade e felicidade, eles podem sentir inveja; Seja feliz assim mesmo.

O bem que você faz hoje pode ser esquecido amanhã; Faça o bem assim mesmo.

Dê ao mundo o melhor de você, mas isso pode nunca ser o bastante; Dê ao mundo o melhor de você assim mesmo.

Você vê, em última análise, é entre você e Deus; Nunca foi entre você e eles de qualquer maneira.


sábado, 15 de setembro de 2012

"Lean On Me" (Encoste-se a mim) (participação especial do elenco de "Glee")


Olá, amigos! 
Essa é a minha nova música que eu gravei com o elenco de "Glee": Lean On Me (Encoste-se a mim), composto por Bill Withers. Espero que gostem! 





LEAN ON ME (1971)
Letra e Música de Bill Withers 


Sometimes in our lives we all have pain
We all have sorrow
But if we are wise
We know that there's always tomorrow

Lean on me, when you're not strong
And I'll be your friend
I'll help you carry on
For it won't be long
'Til I'm gonna need
Somebody to lean on

Please swallow your pride
If I have things you need to borrow
For no one can fill those of your needs
That you don't let show

So just call on me brother, when you need a hand
We all need somebody to lean on
I just might have a problem that you'd understand
We all need somebody to lean on

Lean on me, when you're not strong
And I'll be your friend
I'll help you carry on
For it won't be long
'Til I'm gonna need
Somebody to lean on

So just call on me brother, when you need a hand
We all need somebody to lean on
I just might have a problem that you'd understand
We all need somebody to lean on

Lean on me

If there is a load you have to bear
That you can't carry
I'm right up the road
I'll share your load
If you just call me

Call me..

For it won't be long
Till I'm gonna need
Somebody to lean on


Lean on me...




Baixar a música em Mp3 pelo Mediafire


Baixar a música em Mp3 pelo 4shared